Traduções, Artigos, Entrevistas

Prólogo -Garota-

“Parece um pouco com leite.”

O rosto de Laura se abriu em um sorriso. Ela começou a rir e seus dentes de um branco brilhante apareceram por trás de seus lábios pequenos. A cidade foi encoberta por um espesso nevoeiro que turvava tudo em branco, como se ela estivesse em algum tipo de terra mágica. As vezes, Laura gostava de pensar que algum deus desmiolado tinha descuidadamente deixado cair seu copo e derramado seu leite matinal por todo o lugar. A misteriosa atmosfera poderia ser um sinal de que haviam fadas ou outra coisa se escondendo lá. Esse pensamento fez o coração de Laura tremer de excitação. Apesar de geralmente precoce, a garota de oito anos começou a brincar saltando, enquanto sua saia esvoaçava atrás dela. Lenta e suavemente, o nevoeiro desapareceu pelo ar.

“Vamos lá, rápido! Eu vou deixar você pra trás!” Laura gritou várias vezes, chamando seu amigo indolente.

Ela e sua companhia estavam ali por que eles estavam em uma jornada para encontrar seus amigos… Mas ele era gordo e um pouco estúpido. As vezes, tudo o que ele fazia era se lamentar, e ele sempre parecia estar de mau-humor. Mas Laura não ligava muito. O mais importante, era que ela queria ver aquela pessoa novamente, em breve. A pessoa que deu à ela aquela carta…

Anúncios

Uma resposta

  1. Pingback: Silent Hill 2: Novelização Oficial « White Umbrella Files

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s