Traduções, Artigos, Entrevistas

Posts com tag “Osmund Saddler

Leon S. Kennedy

Leon Scott Kennedy (Resident Evil 4)

Dados Pessoais

Idade: 27 Anos
Tipo sanguíneo: A
Altura: 1,80 m
Peso: Desconhecido
Unidade atual: Agente dos Estados Unidos

Anteriormente com o Departamento de Polícia de Raccoon City, Leon agora é um agente do Serviço Secreto dos Estados Unidos. Seu nome do meio é Scott. Ele tem um forte senso de justiça, e um calmo e usualmente imperturbável caráter, apesar de agir imprudentemente de vez em quando. Ele amadureceu consideravelmente desde os seus dias como policial novato, e agora é confiante o suficiente para fazer piadas em momentos de crise.

Quando a filha do Presidente, Ashley Graham, foi sequestrada, Leon recebeu uma missão solo de voar para a Europa para resgatá-la. O relato de uma testemunha o levou a uma pequena vila no meio de uma zona rural. Essa vila se mostrou ser o lar de um culto conhecido como Los Illuminados.

Enquanto Leon prosseguia com sua busca, se tornou claro que isso era mais do que um simples caso de sequestro-e-resgate. O fundador do culto, Osmund Saddler, planejava usar organismos parasíticos conhecidos como “Plagas” para colocar pessoas influentes de cada um dos países do mundo sob seu controle direto, e então moldar o mundo à sua imagem.

Enquanto esteve na vila, Leon se viu frente a frente com Ada Wong e Jack Krauser, duas das últimas pessoas que ele esperava ver novamente. Ele teve pouco tempo para se surpreender, porém, já que ele imediatamente se viu jogado em batalhas com monstruosos humanos transformados pelo parasita Plaga.

Leon era um de um punhado de sobreviventes do grande incidente viral em Raccoon City em 1998. Recém-saído da academia e em seu primeiro dia com o departamento, ele foi forçado a lidar com uma situação de perigo biológico e ruas dominadas por zumbis. Lá, ele encontrou Claire Redfield e Ada Wong, e trabalhou com ambas para encontrar uma saída segura. Apesar de Ada ser secretamente uma espiã contratada por uma das rivais da Umbrella, os dois gradualmente se tornaram próximos. Quando Ada foi aparentemente morta por uma B.O.W., Leon jurou que acabaria com a Umbrella a qualquer custo.

Depois do incidente, um oficial de inteligência do governo recrutou Leon para começar um treinamento para se tornar um Agente dos Estados Unidos, afirmando que um sobrevivente de Raccoon City deveria ter um potencial excepcional em força física e julgamento. Naturalmente, seu treinamento na Academia de Polícia não era o suficiente, e Leon passou por um período de intenso treinamento para reunir as habilidades para se tornar um agente. Foi durante esse período de tempo que ele descobriu que Ada ainda estava viva, e que ela tinha se unido à organização de Wesker.

Quando seu treinamento foi completado, Leon foi enviado para a América do Sul para encontrar um traficante com conexões com um ex-pesquisador da Umbrella. Seu apoio nessa missão foi Krauser, um membro do US SOCOM. Krauser tinha uma história de serviço corajoso, mas se viu superado na época diversas vezes pelo ainda mais gentil Leon. Depois de completar sua missão, Krauser foi exonerado, e mais tarde foi informado que ele morreu em um acidente.

Agora na zona rural européia em 2004, Leon vê com seus próprios olhos que Ada está realmente viva, e fica chocado em ver que Krauser também não havia morrido. Ada consegue enganá-lo e escapar com uma amostra da Plaga Mestre, mas ele destrói o culto e Krauser com ele, e traz Ashley de volta em segurança. Voltando para casa com a missão cumprida, Leon escreve o “Relatório Kennedy” detalhando tudo o que ele descobriu sobre os Ganados. O relatório é secreto, podendo ser acessado apenas pelo Governo dos E.U.A. e pela BSAA.

Cerca de um ano depois, um incidente biológico com o T-Vírus ocorreu no Aeroporto de Harvardville, na América. Leon foi colocado no comando de uma equipe de resposta especial para lidar com a ameaça, e quando ele chegou no aeroporto, ele encontrou Claire. Os dois lidaram com os zumbis e salvaram as pessoas no local, mas imediatamente depois, eles foram forçados a resolver uma série de incidentes de bioterrorismo girando em torno da WillPharma, a companhia que assumiu o lugar da Umbrella à frente do mundo farmacêutico.


Ada Wong

Ada Wong (Resident Evil 4)

Dados Pessoais

Idade: Desconhecida
Tipo sanguíneo: AB
Altura: Desconhecida
Peso: Desconhecida
Unidade atual:  Desconhecida

Uma beleza oriental que usa um cheongsam carmesim bordado com borboletas. Ela é uma excelente lutadora e uma espiã habilidosa cujo passado é um completo mistério. Até mesmo seu nome, Ada Wong, é meramente um pseudônimo.

Sob ordens de Albert Wesker, ela se infiltrou na base do culto Los Illuminados para trazer de volta uma amostra da Plaga Mestre.

Uma olhada para ela em seu longo cheongsam pode levá-lo a acreditar que ela não está preparada para ações pesadas, mas ela encontrou formas de ter certeza que sua roupa não interferiria com seu trabalho. Ela alterou o corpete para um estilo ocidental de corte baixo, e aumentou o comprimento da fenda na perna para ter fácil acesso ao seu coldre na coxa. Seus equipamentos são igualmente elegantes, como seu delicado e estiloso atirador de gancho, e granadas de flash em formato de óculos escuros. Sua decisão de se vestir com seu próprio estilo em qualquer situação é sua forma de afirmar sua feminilidade.

Ada estava trabalhando para uma rival da Umbrella Corporation coletando informações em Raccoon City quando o incidente viral ocorreu. Ela então recebeu a ordem de seu colega de companhia Albert Wesker para recuperar o G-Vírus sendo desenvolvido por William Birkin, da Umbrella. Quando ela encontrou Leon pela primeira vez na delegacia, ela mentiu sobre sua identidade para que ela pudesse usá-lo para obter uma amostra do vírus. Passando juntos por uma série de situações perigosas, porém, os dois eventualmente se tornaram muito próximos. Quando Leon arriscou sua vida para protegê-la, ela começou a se apaixonar por ele, e dentro de poucas horas ela faria o mesmo por ele. Ela levou um golpe crítico para salvar Leon de um ataque feito pela B.O.W. Tyrant, e enquanto ele a segurava em seus braços, sua respiração desacelerou.

Leon naturalmente assumiu o pior. Porém, apesar de estar gravemente ferida, Ada não estava morta. Talvez ela o tivesse enganado intencionalmente por preocupação, com medo de que seus ferimentos pudessem torná-la um fardo para ele. Ela foi para o hotel na cidade onde ela encontrou Wesker observando-a em seu computador. Ela mostrou a ele uma amostra do “G,” que ela tinha coletado do cadáver de William Birkin depois que ele injetou em si mesmo o G-Vírus. Wesker imediatamente enviou um helicóptero de resgate para tirar Ada de Raccoon City.

Seis anos depois, Ada apareceu na frente de Leon novamente. Eles estavam em lados opostos agora, mas ela ainda permaneceu próxima, ajudando ele e oferecendo conselhos quando ele estava com problemas. Em um momento ela estava atirando para ele um lança-mísseis para ajudá-lo na batalha contra Saddler, e no outro, ela estava mantendo-o sob a mira de sua arma enquanto roubava uma amostra da Plaga Mestre. Ela então deu a ele uma chave para um jet-ski para que ele pudesse escapar. É quase como se ela gostasse da natureza agora-estamos-juntos, agora-não-estamos de seu relacionamento.

Subindo a bordo do helicóptero de uma outra organização diferente daquela de Wesker, ela desapareceu com a amostra. Ela tinha afirmado tinha feito tudo aquilo para alcançar “seu próprio objetivo”, mas a natureza desse objetivo permanece envolta em mistério.


A Terceira Organização

A Espiã

Quando Leon veio para a vila européia de Pueblo para procurar pela sequestrada Ashley, ele não era o único estranho no local. Mais alguém tinha ido para a vila procurar por algo; seu nome era Ada Wong.

Ada era uma espiã. Anos antes, ela tinha se infiltrado em Raccoon City nos seus últimos dias para roubar uma amostra do G-vírus do laboratório de pesquisa subterrâneo da Umbrella. Ela acabou encontrando Leon no decorrer de sua missão, contando à ele a história de que ela era uma civil procurando por seu amado, para encobrir seu real propósito. No início, ela usou Leon como um meio para um fim, mas eventualmente ela se viu encantada com a seriedade dele, e um laço começou a se formar entre eles. Ada acabou encontrando a amostra do G-vírus, mas terminou levando um golpe mortal ao proteger Leon. A beira da morte, ela foi salva por Wesker.

Seis anos depois, Wesker convidou Ada para se unir à “Terceira Organização”, na qual ela começou suas operações secretas mais uma vez sob as ordens dele. Dessa vez, o objetivo dela era obter uma amostra de uma “Plaga de Controle”. Ada interceptou um e-mail do pesquisador do culto Luis enviado para um velho amigo de universidade, e descobriu que ele estava procurando um modo de deixar o culto.

Ada ofereceu proteção a Luis em troca de uma amostra, e Luis concordou. Durante sua tentativa de se encontrar com ele, porém, Ada avistou Leon, que estava no local conduzindo sua própria investigação. Ver ele ali fez com que Ada se desviasse de sua missão, rendendo à ela uma severa repreensão de Wesker. Ele ordenou que ela matasse Leon, encorajando-a a “eliminar a distração”.

Os planos de Ada foram jogados selvagemente para fora de curso quando Luis foi morto por Saddler, e a amostra retornou para as mãos do culto. A situação logo se tornou mais caótica, com Jack Krauser jogando os Los Illuminados e a Terceira Organização um contra o outro por seus próprios motivos.

Krauser estava procurando por um modo de se libertar dos limites de seu corpo humano e se tornar o guerreiro supremo. Sua ambição tinha começado em 2002, quando seu braço esquerdo foi gravemente ferido durante a Operação Javier, da qual ele participou com Leon. Foi nessa época, também, que ele testemunhou o poder que os vírus da Umbrella tinham a oferecer. Depois do incidente, ele forjou sua própria morte e entrou em contato com Wesker, mas sua entrada para a Terceira Organização era apenas mais um passo em direção a realização de sua ambição.

Ada usou a confusão em sua vantagem, dando as costas às ordens de Wesker e trabalhando para atingir seus próprios objetivos. Algumas vezes manipulando Leon, outras vezes o ajudando… era exatamente igual o tempo que eles ficaram juntos em Raccoon City seis anos antes. Ela derroutou Krauser, que tinha recebido de Wesker a ordem de matar Leon, e então foi atrás do alto sacerdote Saddler para obter a Plaga de controle. Saddler ativou a Plaga de controle dentro dele mesmo e se transformou, mas ele não foi páreo para a equipe perfeita que eram Leon e Ada.

Depois da derrota de Saddler, Ada roubou a amostra da Plaga de controle de Leon, prometendo que iria “cuidar bem dela”. Ela então deixou a ilha antes que ela explodisse. Leon também conseguiu escapar da ilha, levando Ashley consigo.

Ada traiu a Terceira Organização, porém, e deixou Wesker com uma mera amostra de Plaga subordinada. Ela tinha sido uma agente dupla todo o tempo, agindo sob as ordens de outra organização enquanto apenas fingia servir Wesker. Foi para essa outra organização que ela entregou a verdadeira amostra da Plaga de controle.

Wesker ficou desapontado – se não inteiramente chocado – pela traição de Ada. No final, ele obteve uma amostra de Plaga de controle por outros meios, e então começou a pesquisá-la em nome de seus próprios fins.


Nosso Plano

(Our Plan)

Por culpa daquele agente nós perdemos o Chefe Mendez e Ramon. Apesar disso, tudo irá seguir de acordo com o plano.
Eu devo admitir, porém, que a perda de meus leais homens é meio desanimadora. Mas eu vou lidar com isso.
Substituir aquela perda não será fácil. Eu devo escolher sabiamente; por que a Plaga reflete a consciência de seus hospedeiros. Se eu escolher mal, eles podem me trair.
Eu preciso de homens que jurem sua lealdade a mim.
Eu aprendi minha lição quando Sera me traiu. Eu não vou cometer o mesmo erro novamente.
Nessa hora importante, eu não posso e não vou deixar ninguém ficar em meu caminho.


Memórias do Mordomo

(Butler’s Memo)

Sabendo que o Sr. Ramon Salazar não tinha família, Lord Saddler deve ter usado sua forte fé nos Los Illuminados em seu favor para convencer o Sr. Salazar a desfazer o selo das Las Plagas uma vez criado por seu ancestral.

O Sr. Salazar nunca faria tal coisa a menos que ele estivesse sendo usado de alguma forma sem seu conhecimento. Eu deveria ter pressentido a trama suja do Lord mais cedo. Eu sinto que eu sou parcialmente responsável por tudo isso.

Eu não tenho idéia do que o Lord está planejando, mas o Sr. Salazar estava apenas sendo usado.

Porém, agora é tarde demais, o Sr. Salazar já injetou a Plaga em seu corpo. Não há mais volta uma vez que a Plaga tenha se transformado em adulta dentro do corpo.

A Plaga parasita não morrerá a menos que o hospedeiro morra. Não há cura. Talvez, o Sr. Salazar possa ter estado vagamente ciente do plano do Lord todo o tempo. Mas é difícil dizer.

De qualquer forma, não há nada que eu possa fazer agora.

Eu servi a família Salazar por gerações. Eu estou preparado para continuar meus serviços até o fim.