Traduções, Artigos, Entrevistas

Posts com tag “Barry Burton

Resident Evil: Revelations 2 – Personagens


Resident Evil CODE: Veronica – Perguntas & Respostas

As forças secretas que atacaram a Ilha Rockfort trouxeram intencionalmente o T-vírus, para provocar o acidente biológico na ilha?
Kato: O acidente biológico ocorreu por que o depósito de vírus da ilha foi atacado pelas forças secretas. Vários tipos diferentes de vírus e B.O.W.s eram armazenados na instalação de treinamento militar, para treinos anti-B.O.W./vírus.

A Ilha Rockfort não era relacionada à Família Ashford até Alfred se tornar o comandante daquela instalação?
Kato: A Ilha Rockfort pertence à Família Ashford e eles retiraram os habitantes do local quando a Umbrella construiu as instalações.

A palavra “Vírus criador¹” é usada pela primeira vez na série. Esse vírus é o mesmo vírus que é chamado “Cray virus²” no Resident Evil original?
Kato: Sim, os detalhes sobre esse vírus serão esclarecidos no Resident Evil 0.

Em Resident Evil 2, William Birkin desenvolveu o T-vírus, mas por que em Resident Evil Code: Veronica, T-vírus é um termo geral da variação do vírus criador?
Kato: William Birkin fez o T-vírus que foi desenvolvido no laboratório Arklay. Outros T-vírus foram desenvolvidos em instalações diferentes e não estão relacionados ao trabalho de Birkin.

Há alguma história por trás da caixa de música na sala de Alfred?
Kato: Desde que Alexia entrou em seu sono, Alfred vinha vivendo das memórias de quando ele estava com Alexia. Essa caixinha de música foi dada por Alexander quando Alexia se formou e é uma recordação de Alfred. O password 1971 é o ano de nascimento dos dois.

O que Leon estava fazendo quando Claire enviou o e-mail para ele?
Kato: Leon é um dos membros do grupo anti-Umbrella. Quando Claire enviou o e-mail para ele, ele estava fazendo outra tarefa anti-Umbrella e ele não pôde ir ajudar Claire – essa história já está completa mas eu ainda não posso dizer que tipo de história é.
Jill, Barry e Leon são membros do grupo anti-Umbrella, mas se o grupo em que Jill e outros estão é o mesmo, não se sabe.

O Projeto “Code: Veronica” é um projeto conjunto de Alexander e Edward?
Kato: Não, Edward sabia sobre o projeto mas Alexander trabalhou no projeto sozinho.

Alexander não trabalhou na pesquisa do T-vírus?
Kato: No início, Alexander e Edward trabalharam juntos, mas Alexander percebeu que ele não tinha habilidade o suficiente para trabalhar com a pesquisa do T-vírus e mudou apara a pesquisa de engenharia genética.

Como Alexander conseguiu o gene de Veronica?
Kato: O corpo de Veronica era mantido no subsolo da propriedade³ Ashford, na Europa.

¹ – “Founder Virus”, no original. Refere-se ao Progenitor.
² – Clay Vírus. Também refere-se ao Progenitor.
³ – “Manor”, no original. Uma espécie de castelo, as vezes fortificado, comum no período medieval. Não encontrei referências à essa propriedade em lugar algum, porém mais informações sobre o termo em si podem ser buscadas e compiladas no futuro.

Créditos:

Tradução Japonês/Inglês: Doughboy, do Morbid Creations.
Tradução Inglês/Português: Davi Redfield.


Foto de Barry

(Barry’s Picture)

Tem algo escrito na parte de trás da foto.

“Minhas queridas Moira e Poly. Eu espero que vocês cresçam e se tornem mulheres fortes e lindas, e que ajudem a consolar sua mãe. Seu pai estará cuidando de vocês todas lá do céu.

Papai”


Diário de Jill

(Jill’s Diary)

7 de Agosto

Duas semanas se passaram desde aquele dia. Minhas feridas foram curadas, mas eu não consigo esquecer. Para muitas pessoas, isso é passado agora. Mas para mim, quando fecho meus olhos, tudo retorna claramente. Zumbis comendo a carne das pessoas e os gritos de meus companheiros morrendo. Não, as feridas em meu coração não estão curadas ainda…

13 de Agosto

Chris tem causado muitos problemas ultimamente. O que há com ele? Ele raramente fala com os outros policiais e está constantemente irritado. Outro dia, ele deu um soco em Elran, do departamente de Crimes Juvenis, só por que ele molhou acidentalmente o rosto de Chris com café. Eu imediatamente segurei Chris, mas quando ele me viu, ele simplesmente piscou para mim e foi embora. Me pergunto o que aconteceu com ele…

15 de Agosto

Meia-noite. Chris, que está de licença para “férias”, me ligou, então eu fui até seu apartamento. Assim que eu entrei em sua sala, ele me mostrou alguns pedaços de papel. Eles eram parte de um relatório de pesquisa de um vírus intitulado simplesmente “G”. Então Chris me disse que “O pesadelo ainda continua”. E completou dizendo que “Ainda não está acabado”. Desde aquele dia, ele tem lutado sozinho sem descanso, sem nem mesmo me contar.

24 de Agosto

Chris deixou a cidade hoje para ir para a Europa. Barry me disse que ele iria enviar sua família para o Canadá, e então seguiria Chris. Eu decidi permanecer em Raccoon City mais um pouco, por que eu sei que o laboratório de pesquisa nessa cidade será muito importante para esse caso inteiro. Em um mês ou mais, eu me unirei à eles em algum lugar da Europa. É quando minha verdadeira luta vai começar…


S.T.A.R.S. – Missão: Floresta de Raccoon

Floresta de Raccoon

Ultra Secreto

Força: S.T.A.R.S.
Unidade: Equipe Alpha
Local: Floresta de Raccoon

Equipe Alpha a ser mobilizada:

Barry Burton, especialista em armas
Joseph Frost, especialista em veículos
Chris Redfield, atirador de elite
Jill Valentine, especialista em máquinas
Brad Vickers, piloto
Albert Wesker, líder da missão

Equipe Bravo mobilizada:

Richard Aiken, especialista em comunicações
Rebecca Chambers, médica
Edward Dewey, piloto
Enrico Marini, líder da missão
Forest Speyer, especialista em veículos
Kenneth J. Sullivan, batedor

Background da missão:

Novos membros da equipe Alpha chegam em Raccoon City no final do dia. Mais cedo, estranhos relatos chegaram de moradores locais, sobre pessoas desaparecendo e avistamentos incomuns de monstros semelhantes à cães. Os restos mutilados de uma andarilha foram encontrados em um rio. O relatório da polícia afirma que ela foi morta por algo dotado de grande força, a julgar pela profundidade das marcas de dente. Muito provavelmente foi um ataque de um urso-pardo, ou de um lobo.

A população exige uma ação da polícia.
Ações da polícia:

a) A entrada para a estrada da montanha foi fechada com barricadas
b) Os S.T.A.R.S. foram contatados
c) Os S.T.A.R.S. informaram que a passante era parte de um grupo de turistas que havia se perdido nas montanhas dias antes. Os S.T.A.R.S. irão para os arredores da montanha procurar por mais caminhantes.

O helicóptero descobre uma mansão. O motor falha. O helicóptero cai. O contato com a Equipe Bravo nas montanhas é perdido.

Objetivos da missão:

a) Investigar a área da Floresta de Raccoon
b) Localizar o helicóptero da Equipe Bravo
c) Localizar e resgatar os membros da Equipe Bravo
d) Colocar a situação sob controle.

Fiquem a salvo.

FIM

 

Fonte: Resident Evil Manual, Versão Inglesa (UK), 1996

Tradução: Davi Redfield


Wesker Report

Meu nome é Albert Wesker. Eu aspirei me tornar um pesquisador chefe da Umbrella Inc. Uma empresa farmacêutica que secretamente conduzia o desenvolvimento de Armas Bio Orgânicas, mais conhecidas como B.O.W.1. Mas no principal centro de treinamento e desenvolvimento situado em Raccoon City, eu encontrei um brilhante e talentoso pesquisador que decidiu trilhar um caminho diferente; William Birkin. Em certo ponto, eu me transferi para o S.T.A.R.S., uma unidade de forças especiais do Departamento de Polícia de Raccoon. A Umbrella, devido a crises de gerenciamento de seu desenvolvimento ilegal de Armas Bio Orgânicas, tinha muitas pessoas trabalhando no departamento de polícia. Eu me tornei o líder do S.T.A.R.S. e conduzi todos os tipos de atividades de inteligência para a Umbrella. Como eu continuava a servir, eu elaborei meus próprios planos e esperei pelo momento certo para executá-los. Então afinal, a oportunidade surgiu.

Os estranhos incidentes de assassinatos que ocorreram na floresta próxima à mansão começaram tudo. A mansão era um laboratório de B.O.Ws secreto da Umbrella e estava claro que o t-vírus que ainda estava em desenvolvimento era a causa dos assassinatos.Inicialmente, a Umbrella me instruiu secretamente a manter os S.T.A.R.S. fora do caso, mas o crescimento da comoçao dos cidadãos não me deixou outra opção a não ser adentrar no caso. Foi quando minha próxima ordem foi dada. Levar os S.T.A.R.S. para a mansão, me livrar deles, então reportar a situação para o quartel-general, assim seus dados de combate com as B.O.Ws poderiam ser usados para análise permitindo à Umbrella compreender as habilidades de combate das B.O.Ws. Das duas equipes do S.T.A.R.S. eu primeiro enviei a Equipe Bravo. Como esperado, a equipe de elite do S.T.A.R.S. deram tudo o que tinham e se tornaram dados de exemplo úteis. Então, eu me preparei com a Equipe Alpha para “procurar e resgatar” a Equipe Bravo desaparecida. Os membros da Equipe Alpha também provaram seu valor e, como o esperado, muitos morreram.

Houveram 5 sobreviventes dos 11 membos iniciais do S.T.A.R.S.. Da Equipe Alpha, restaram Chris Redfield, Jill Valentine e Barry Burton. E da Equipe Bravo restaram Rebecca Chambers e Enrico Marini. Era hora de começar a executar os meus planos. No meio do caso inteiro eu poderia roubar a Arma Bio-Orgânica suprema da Umbrella, o Tyrant, e unir forças com a corporação rival da Umbrella. Para assegurar meu lugar na corporação rival, eu precisaria dos dados de combate do Tyrant. Os privilegiados membros sobreviventes do S.T.A.R.S. eram a isca perfeita. Eu decidi fazer com que um deles bancasse o Judas e atraísse os demais para o Tyrant. Esse Judas era Barry. Barry tinha um senso forte de justiça e verdade e adorava sua família acima de qualquer coisa. Seu tipo era fácil de manipular. Eu só tirei dele a coisa que lhe era mais importante. Meu único erro de cálculo foi quanto ao potencial alto de Chris e Jill. Mas com o homem de família Barry bancando o Judas, tudo correu como o planejado. Então os ventos mudaram inesperadamente.

Eu tive que eliminar Enrico, que descobriu quem estava por trás de tudo. Eu usei Barry para pegá-lo. Depois de me livrar com sucesso desse incômodo, eu esperei a amostra de espécime que Barry traria para mim na sala do Tyrant. Eu injetei o vírus que recebi de Birkin pouco antes. Se eu fizesse a Umbrella acreditar que eu estava morto, isso faria ser bem mais conveniente me vender para a corporação rival. De acordo com Birkin, o vírus tinha efeitos profundos. Ele colocaria o meu corpo em um estado de “morte” temporária. E então me traria de volta á vida com poderes super-humanos. Portanto, eu liberei um maravilhoso Tyrant de seu êxtase e o deixei me atacar. Enquanto eu perdia a consciência, eu tinha certeza de que todo o plano terminaria com sucesso. Eu nunca imaginei que aqueles S.T.A.R.S. poderiam destruir a vil criação. Eu perdi o Tyrant e o plano que eu elaborei, que havia custado minha humanidade, acabou falhando. Agora, tudo e todos que ficaram em meu caminho serão exterminados. Foi assim por um longo tempo e sempre será assim. Eu farei com que os S.T.A.R.S. paguem a qualquer custo.

Dois meses se passaram desde o incidente da mansão. Para recuperar tudo que eu tinha perdido em minha nova organização, eu juntei forças à Ada Wong, uma agente que foi enviada para espionar a Umbrella. Eu sabia que o principal desenvolvedor era William Birkin, mas o que ele não sabia era que a Umbrella não faz jogos… Com ninguém.
Eventualmente, Birkin seria assassinado, e o G-vírus estaria nas mãos da Umbrella. Mas a equipe de recuperação liderada por Hunk estava à frente de nós. Quando eles chegaram até Birkin, ele já havia injetado o G-vírus em si mesmo… Ele se tornou sua própria criação, e acabou com eles. Pouco depois disso, o t-vírus levado por ratos se espalhou por Raccoon City, e a Umbrella encarou seu pior cenário. Os bons cidadãos se tornaram zumbis e a cidade tinha sido levada à um devastador destino. Humanos não eram páreos para os zumbis. Em meio ao caos, a Umbrella da Europa enviou um novo tipo de B.O.W., chamada “Nemesis”. Nemesis caçaria e destruiria a membro sobrevivente do S.T.A.R.S., Jill. Se tornou imperativo que nossa organização obtivesse também dados sobre o Nemesis.

Para encobrir o caso inteiro, a Umbrella enviou um Tyrant para cuidar de Leon e Claire, que estavam tentando descobrir seus segredos. Então, uma nova revelação. Birkin havia escondido as descobertas de seus estudos no pingente de sua filha, Sherry. Era muito provável que o G-vírus estivesse lá. Enquanto a Umbrella estava ocupada em encobrir o caso, nós tínhamos que capturar Sherry antes que eles o fizessem. Eu enviei Ada secretamente para procurar a localização de Sherry. Eu, o “homem morto”, por outro lado, tinha que trabalhar nas sombras. A obrigação e prioridade de uma espiã é, em uma missão, cumprí-la como uma máquina, sem nenhuma interferência emocional. Mas com sua interação e envolvimento com Leon S. Kennedy, havia uma afeição crescendo dentro dela. Meus instintos sentiram o perigo, algo tinha que ser feito, rapidamente. Meus instintos não me desapontaram. Mesmo Ada quase tendo colocado suas mãos no G-vírus, o qual Leon tinha adquirido de Sherry, essa afeição dela a levou para a própria morte. Mas ela ainda era útil. Eu tive que salvar sua vida. Meu pessoal se apressou em recuperar o G-vírus que Leon jogou fora. Mas Hunk, o único sobrevivente da equipe de recuperação da Umbrella, chegou lá antes de nós.

Nossa única opção era trazer de volta Birkin, o monstro, como uma amostra de espécime e fazer com que ele acabasse com Leon e Claire, para obtermos seus dados de combate. Apesar de Birkin perder sua batalha para Leon e Claire, nós tivemos sucesso em obter amostra do G-vírus de seu cadáver. Pela manhã, o governo bombardeou Raccoon City, em um tentativa de conter a contaminação viral. Esse era, é claro, seu motivo falso. Mais tarde, Claire foi para a Europa procurar seu irmão desaparecido, Chris, e Leon uniu forças à uma organização secreta anti-Umbrella.

Sherry está segura em nossas mãos. Eu nunca subestimaria Birkin. Há algo nessa garotinha… 2

Notas de Rodapé

1. Bio-Organic Weapons, no original em inglês, daí a sigla B.O.W.
2. Essa última linha relacionada à Sherry foi removida em uma versão revisada do relatório, lançada no 10º aniversário da série, em 2006.
Tradução Inglês/Português: Davi Redfield

Transcrição: Biohaze


Diário do Chris

(Chris’s Diary)

8 de Agosto

Eu falei com o chefe de novo hoje, mas ele se recusou a me ouvir. Eu tenho certeza absoluta que a Umbrella conduziu pesquisas com o T-Vírus naquela mansão. Qualquer um infectado se torna um zumbi. Mas a mansão foi completamente destruída naquela explosão; junto com todas as evidências incriminadoras. Como a Umbrella emprega muitas pessoas na cidade, ninguém quer falar sobre o incidente. Parece que as minhas opções estão acabando.

17 de Agosto

Nós estamos recebendo várias denúncias sobre estranhos monstros aparecendo aleatoriamente pela cidade. Isso deve ser trabalho da Umbrella.

24 de Agosto

Com a ajuda de Jill e Barry, eu finalmente consegui uma informação vital para esse caso. A Umbrella começou a trabalhar no novo G-Vírus, uma variação do T-Vírus original. Eles já não causaram dano o suficiente? Nós falamos sobre isso, e decidimos ir para o QG principal da Umbrella, na Europa. Eu não vou avisar minha irmã sobre essa viagem, por que fazer isso pode colocá-la em perigo.

Claire, por favor, me perdoe.


Carta para o Chefe

(Mail to the Chief)

Para: Sr. Brian Irons, Chefe do Departamento de Polícia de Raccoon City

Nós perdemos o laboratório da mansão devido à um operativo renegado, Albert Wesker. Felizmente, sua interferência nao terá nenhum efeito sobre nossa atual pesquisa de vírus. Nossa única preocupação é a presença dos membros remanescentes do S.T.A.R.S.: Redfield, Valentine, Burton, Chambers e Vickers. Se vier à luz que os S.T.A.R.S.    tem alguma evidência das atividades de nossa pesquisa, livre-se deles de forma que pareça ser puramente acidental. Continue a monitorar o progresso deles e certifique-se que o que eles sabem não vá a público. Annette vai continuar a ser seu contato durante esse caso.

William Birkin

Para: Sr. Brian Irons, Chefe do Departamento de Polícia de Raccoon City

Eu depositei a quantia de US $10000 em sua conta por seus serviços, como combinado. O desenvolvimento do G-vírus previsto para substituir o T-vírus, está quase completo. Uma vez completado, eu tenho certeza de que eun serei indicado para ser um membro do quadro executivo da Umbrella Inc. É importante que nós procedamos com cautela. Redfield e os membros remanescentes do S.T.A.R.S. ainda estão tentando descobrir informações sobre o projeto. Continue a monitorar suas atividades e impeça todas as tentativas de investigar as instalações de pesquisa subterrâneas.

William Birkin

Para: Sr. Brian Irons, Chefe do Departamento de Polícia de Raccoon City

Nós temos um problema. Eu recebi a informação de que o QG a Umbrella enviou espiões para recuperar minha pesquisa sobre o G-vírus. Há um número desconhecido de agentes envolvidos. Não deve ser permitido que eles tirem esse projeto de mim já que ele representa o trabalho da minha vida inteira. Procure na cidade inteira por pessoas suspeitas. Prenda qualquer pessoa assim por quaisquer meios possíveis e entre contato comigo imediatamente através de Annette. Com essas precauções, qualquer possível ameaça deve ser eliminada. Eu não vou permitir que ninguém roube meu trabalho no G-vírus. Nem mesmo a Umbrella…

William Birkin


S.T.A.R.S.

– Apresentação

Esse artigo que vocês vão ler (espero) é produto de vários períodos de puro ócio. Se existe um motivo pelo qual eu terminei essa joça foi porque incrivelmente me sobrou alguma coisa na franquia Resident Evil que ainda me fascina.

Gosto de achar que as melhores histórias dessa franquia não aparecem sob os holofotes dos protagonistas. Essas histórias de personagens secundários e até mesmo coadjuvantes me atrai desde que comecei a acompanhar essa franquia.

… Por isso não é surpreendente me ver pagando pau aqui ou em outras comunas pros personagens mais “esquecidos” da série, como o Bruce, a Sherry, o Barry, a Rebecca… Enfim.

É essa paixão pelas “histórias por trás da história” que me levou a escrever esse artigo. Espero que os leitores leiam com um pouco mais de paciência do que eu tive pra elaborar o texto.

Esse é o primeiro de três artigos que eu pretendo escrever sobre o S.T.A.R.S., que todo mundo já ouviu falar, mas que desperta interesse em tão pouca gente…

Aqui eu vou abordar o S.T.A.R.S. em um aspecto mais geral, espero que gostem.
(mais…)


Biohazard Gaiden Manual

História

Em um esforço para colocar um fim na entidade corporativa ‘Umbrella Pharmaceuticals Inc.’, um organização secreta, consistindo em ex-mebros do S.T.A.R.S. e ex-funcionários da Umbrella, foi formada.

Nossa história começa dentro de um esconderijo da organização secreta onde Barry Burton e uma mulher idosa não identificada estão discutindo uma missão.

Um novo tipo de Arma Bio-Orgânica (B.O.W.) desenvolvido nos laboratórios da Umbrella escapou e acredita-se que ela está a bordo de um luxuoso navio cruzeiro – o STARLIGHT – atualmente cruzando o Atântico a caminho da Europa.

Leon S. Kennedy foi enviado para eliminar a B.O.W.
Seu último relatório confirmou que ele estava a bordo do STARLIGHT. Ele não deu mais notícias desde então…

Barry não podia acreditar que Leon tinha desaparecido. Ele era um de seus melhores ex-recrutas do S.T.A.R.S..
Os comentários da base eram superficiais ao máximo, mas parecia que seu último contato com o QG tinha sido feito logo depois de subir a bordo do cruzeiro, que havia sido reportado como um navio fantasma vagando à deriva no Atlântico.

Barry não soube o por que, mas um poema que  ele aprendeu quando era criança, subitamente retornou à sua mente – “Eu detesto o oceano e os segredos que ele esconde – sempre profundo, escuro, e frio” – e por algum motivo fez com que ele sentisse um calafrio em sua espinha…

Teriam os horrores de Raccoon City retornado?

Os Personagens

Barry  (Idade: 38 anos)

Barry é um ex-membro da SWAT com mais de 16 anos de experiência e foi apontado como um dos membros mais excepcionais do S.T.A.R.S.. Barry é um especialista em armas altamente habilidoso e abastece e mantém funcionando os armamentos da organização secreta. Barry é um homem de família com fortes valores. Experiências passadas o fizeram desconfiar dos outros.

Leon (Idade: 21 anos)

Leon era um policial novato quando ele começou seu primeiro trabalho em Raccoon City. Ele agora é um veterano e um dos recrutas mais habilidosos da organização secreta. Leon é idealista e deseja profundamente proteger e servir, mas ele já experimentou em primeira mão a dura realidade. A primeira vista ele pode parecer ingênuo mas isso pode enganar, e ele é conhecido por ser agressivo e até mesmo arrogante as vezes. Leon é altamente qualificado em sua linha de trabalho e seu bom senso de humor faz dele popular com seus colegas.

Lucia (Idade: 13 anos)

Pouco é conhecido sobre Lucia, exceto que ela é uma criança orfã que foi adotada aproximadamente dois anos atrás. Lucia foi atormentada por outras crianças por ser diferente delas. As coisas pioraram quando seus pais adotivos decidiram enviá-la para seus parentes na Europa – o motivo pelo qual ela está a bordo do STARLIGHT.

Tradução Japonês/Inglês: George Trevor (Crimson Head Elder)
Tradução Inglês/Português: Davi Redfield


Anotações do Robert (EX)

(Robert’s Note)

Como isso pode ter acontecido, Barry? A cidade foi tomada por zumbis e se tornou literalmente um pesadelo na terra.

Como você sabe, minha preocupação para com essa cidade é tão grande quanto a sua. Eu esperei por sua chegada presumindo que você ainda estava na área, mas o risco da minha loja ser invadida por zumbis se tornou grande demais.

Eu já distribuí a maioria das armas e munições para os sobreviventes da cidade, incluindo a Raging Bull¹ que você tinha pedido especialmente. Eu espero que você entenda, dadas as circunstâncias.

De qualquer forma, eu não tenho a intenção de sacrificar minha vida inutilmente e vou fugir para Stone Ville.

Se você receber essa mensagem, me encontre lá. Nós iremos pescar…

Robert Kendo