Traduções, Artigos, Entrevistas

Entrevista com Shinji Mikami sobre Resident Evil 4, Remake e Survival Horror (IGN, 2013)

Resident Evil 4 Surgiu do “Fracasso Comercial” de RE: Remake

O Diretor de Evil Within olha para o passado do gênero survival horror

Em uma recente entrevista com Shinji Mikami, ex-mentor de Resident Evil e diretor de The Evil Within, o ex-funcionário da Capcom falou sobre o gênero survival horror e por que Resident Evil 4 se tornou muito mais focado na ação do que ele inicialmente planejava.

Primeiro, nós pedimos para Mikami explicar como The Evil Within retornará para as raízes do survival horror. “O survival horror se tornou um gênero mais orientado para a ação,” Mikami disse. “Para mim, o survival horror é um equilíbrio entre uma forma assustadora de gameplay e o desafio de superar esse medo. Você ganha um senso de conquista disso. O delicado equilíbrio entre esses dois é o que faz o survival horror. Nós estamos começando a ver esse tipo de jogo menos e menos, então eu queria voltar e fazer o que eu acho que é o verdadeiro survival horror.”

Mas o gênero survival horror mudou significativamente nos últimos 17 anos e adotou um foco maior na ação. Em um jogo como Resident Evil, limitações de itens e munição iriam criar um bloqueio para alguns jogadores. Talvez o motivo do gênero ter se tornado mais focado na ação seja só porque um jogo de um certo orçamento precisa de uma grande audiência – ele precisa que muitas pessoas sejam capazes de jogá-lo e terminá-lo. Há uma forma de equilibrar isso?

“Uma coisa que eu estive observando…. Eu estive olhando para o gênero survival horror por um longo tempo. Eu não acho que seja especificamente por que os desenvolvedores queiram apelar para uma audiência maior. Eu acho que eles querem fazer seus jogos mais divertidos, e se eles estão indo mais e mais nessa direção, eles naturalmente irão na direção de mais ação,” Mikami explicou.

“Se você quiser manter uma grande franquia de jogos de horror, você tem que trabalhar com pessoas que realmente gostam de jogos de horror. Se você trouxer desenvolvedores de outros lugares, você vai acabar com um jogo com uma orientação maior para a ação. Com Resident Evil 4, eu queria fazer um jogo com mais ação – 5 e 6 estavam fora da minha responsabilidade, é claro – mas com Resident Evil 2 e 3, essa não era necessariamente a intenção com a qual eu comecei. Eles só se tornaram naturalmente jogos com mais ação. Eu suspeito que Dead Space seguiu o mesmo caminho. Ele naturalmente se tornou mais sobre ação. Quando os desenvolvedores pensam sobre seus jogadores… Eu não acho que seja o caso deles pensarem, ‘Certo, se nós quisemos ir de dois milhões de unidades para quatro milhões de unidades, nós precisamos colocar mais ação.’ É um processo mais intuitivo do que isso.”

O Resident Evil remake, um exclusivo do Nintendo GameCube, foi um dos últimos jogos feitos por Mikami que tinha limitações no movimento, inventário e câmera. Poderia o survival horror voltar para aquilo? “É possível que eu possa fazer esse tipo de jogo. O Resident Evil remake na verdade é um dos meus favoritos da série também. Mas ele não vendeu muito bem,” Mikami disse. “Talvez não houvessem muitas pessoas prontas para aceitar aquilo. Por causa da reação com o Resident Evil remake, eu decidi colocar mais ação em Resident Evil 4. Resident Evil 4 teria sido um jogo mais assustador  e focado no horror se o remake tivesse vendido bem.”

Apesar da mudança na direção, RE4 alcançou algo especial no sentido de redefinir o que “sobrevivência” significava no survival horror. “Com Resident Evil 1, 2, 3, e todo o resto da série antes de Resident Evil 4, eu estava sempre dizendo para a equipe, ‘Assustar o jogador é a coisa número um.’ Mas pela primeira vez, em Resident Evil 4, eu disse a equipe que um gameplay divertido é a coisa mais importante. Isso foi o que eu disse. Então a segunda coisa (seria) nada. E então a terceira coisa era ser assustador. Isso foi o que eu disse para a equipe. Isso tudo veio do fracasso comercial do Resident Evil remake. E então é claro que Resident Evil 4 vendeu bem. Eu tenho um tipo de trauma persistente disso, por que o Resident Evil remake não vendeu bem – muito mais do que as pessoas pensam.”

Fonte: IGN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s