Traduções, Artigos, Entrevistas

Materiais de Desenvolvimento da Malacoda

(Malacoda Development Materials)

O desenvolvimento do codenome: Malacoda aconteceu por acidente.

Nós estávamos infectando várias espécies de peixes com o T-Abyss como parte de nossa pesquisa de B.O.W.s marítimas. Por acidente, um dos objetos de teste estava contaminado com parasitas.

O parasita é o Gyrodactylus salaris, um pequeno ectoparasita monogenético. Quando o T-Abyss é usado para infectar seu hospedeiro, ele não afeta apenas o hospedeiro, mas o parasita também. As mutações únicas formadas pelas infecções duplas permitiram que melhorassemos o nosso desenvolvimento geral de B.O.W.s.

Uma larva de Malacoda tem apenas um 1cm de comprimento. Por causa de seu tamanho, ela pode ser usado como um parasita para infectar o hospedeiro ao secretar um líquido que contém o vírus. O parasita se transforma dentro do hospedeiro e chega à maturidade rapidamente. Talvez o efeito sinérgico do T-Abyss e a secreção causem um aumento no metabolismo do organismo.

O tamanho ao qual a Malacoda pode chegar depende do tamanho do hospedeiro. Enquanto testes clínicos ainda necessitem ser conduzidos, se uma baleia fosse usada como hospedeiro, não há limites para o tamanho que a Malacoda poderia chegar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s