Traduções, Artigos, Entrevistas

T-vírus – Palavra-chave 05

T-virus é o nome de um vírus de RNA desenvolvido pela Umbrella. O T significa Tyrant (Tirano) e ele foi baseado em entidades virais preexistentes. O projeto T-virus tinha como objetivo criar armas biológicas que haviam começado a serem banidas por tratados internacionais, e até hoje, os resultados têm sido brutais.

O T-virus pegou as propriedades modificadoras de códigos genéticos do Progenitor Virus e os melhorou, resultando numa nova forma de B.O.W. que realizaria as ambições de seu criador. Porém, para se chegar a este ponto incontáveis experimentos foram conduzidos em várias criaturas vivas e houveram várias criações falhas.

A primeira pessoa a produzir resultados notáveis com o Progenitor Virus foi um de seus descobridores, James Marcus. Depois vários experimentos ele combinou o vírus com o DNA de sanguessuga. A sanguessuga imediatamente sofreu transformações e se tornou violenta. Este foi o início de vários experimentos que fizeram do T-virus o que ele é hoje.

Marcus estava tão entusiasmado com suas descobertas que continuou seus experimentos para preparar o vírus para aplicações no mundo real mesmo enquanto trabalhava como diretor do centro de treinamento. Em sua busca pelo organismo ideal para criar B.O.W.s controláveis ele testou o vírus em artrópodes, anfíbios e mamíferos. Foi assim que monstros como Plague Crawler, Lurker e Eliminator foram criados. A maioria deles estava longe de ser perfeito, o que prometia mais foi o Eliminator. Isso provou que mamíferos mantinham a inteligência necessária para entender e obedecer a ordens. Marcus se jogou em suas pesquisas ainda mais e em sua busca para conseguir o organismo para uma arma biológica perfeita ele cruzou a linha e começou a usar humanos.

Com isso a reputação de Marcus e sua posição na Umbrella caíram, o centro de treinamento foi fechado e os experimentos com o T-virus progrediram com passos largos no Centro de Pesquisas de Arklay. Sob a direção de William Birkin e depois de vários experimentos conduzidos em humanos, eles foram capazes de usar o T-virus para manipulação genética. O vírus não fazia com que embriões crescessem mais rápido do que o normal, mas ao combinar DNA animal com DNA humano eles foram capazes de criar os monstros conhecidos como Hunters. E depois de várias e contínuas experimentações, os pesquisadores de Arklay desenvolveram uma B.O.W. de nível nunca visto antes. Finalmente eles haviam criado a arma biológica perfeita que obedeceria a suas ordens: o Tyrant. Com os experimentos com o T-virus finalmente dando frutos as outras filiais da Umbrella começaram a usar essas novas descobertas em sua própria pesquisa para melhorar as criações de Arklay.

Os Corpos Antígenos de T-virus
Sobre a Criação da Vacina Para o T-virus

Estão todos os humanos infectados pelo T-virus condenados a se tornarem zumbis sem cérebro? A resposta é não. No hospital de Raccoon City, em um laboratório que foi construído graças às generosas doações da Umbrella, médicos estavam trabalhando intensamente para criar uma vacina para a “doença canibal” que havia se espalhado pela cidade. O material de referência para isso foi Medical Devices Manual, escrito por Douglas Rover, o chefe da divisão norte americana de instrumentos médicos da Umbrella. Depois que a máquina de composição foi estabilizada com energia suficiente um fluído de cultura base foi colocado nas máquinas. O manual explicava como uma combinação desses fluído base com os ingredientes próprios para a vacina criariam corpos antígenos que tratariam aqueles infectados com o vírus. Mas infelizmente, antes que os médicos pudessem separar grandes quantidades de antígenos, eles também se tornaram zumbis, e a esperança de salvar a cidade foi perdida.

Este manual foi descoberto por um soldado do Serviço de Contenção de Perigos Biológicos da Umbrella, Carlos Oliveira, após a cidade ter atingidos os estágios finais de destruição. Carlos criou o antígeno para ajudar a ex-membro do S.T.A.R.S. Jill Valentine, mas boa parte dos materiais que explicavam o processo foi perdida quando Nicholai Zinoviev, que foi mandado pela Umbrella para observar o resto da U.B.C.S., explodiu o hospital. Se alguém quisesse adquirir uma cópia desse manual teria que ser de alguém de dentro da Umbrella. Eles não fizeram grandes quantidades da vacina e a administraram nos cidadãos de Raccoon City, pois queriam manter sua responsabilidade pelo desastre em segredo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s