Traduções, Artigos, Entrevistas

Relatório Psicológico: HUNK

(Psychological Report)

Nome do indivíduo: HUNK
Ocupação do indivíduo: agente da USS
Razão para o relatório:
HUNK recentemente tem visto muita ação e conduziu uma quantidade de operações relativamente intensas e ainda assim não mostrou nenhum sinal de estresse ou qualquer resposta emocional. Nossas sessões tiveram como objetivo verificar se HUNK sofreu algum dano pscológico de longo termo escondido como resultado de sua participação nessas operações.

Primeiras impressões:
Minhas primeiras impressões de HUNK foram de um homem incrivelmente comprometido com seu trabalho. Na verdade, em todas as minhas conversas com ele, ele nunca sugeriu que sua vida envolvesse qualquer outra coisa além de seus deveres como um membro da USS. Isso porém não era visto como algo negativo – HUNK não estava reclamando – na verdade parecia que HUNK não estava interessado em nada que não fosse relacionado à sua vida como um membro da USS.
É difícil imaginar HUNK reclamando de alguma coisa. Ele é um produto de sua profissão em que ele é um homem que segue ordens à risca – sem se preocupar com sua própria segurança, ou com as consequências de suas ações.
É na verdade difícil fazer HUNK falar sobre coisas em grande detalhe – e literalmente impossível fazê-lo falar sobre si mesmo. Mesmo depois de várias sessões, eu ainda estou no escuro sobre boa parte de seu passado – sua família, amigos (estou quase certo que HUNK veria o conceito de “amigos” como engraçado) ou mesmo relacionamentos (o nome Bella parece ter algum efeito nele apesar de eu ter que verificar que relacionamento seria exatamente) são portas fechadas.
Com algum outro indivíduo eu sugeriria que preciso de mais tempo para quebrar sua resistência, para realmente chegar ao HUNK interno – mas é aparente para mim que HUNK não está oferecendo nenhuma resistência. É quase como se ele tivesse apagado essas partes de sua vida de sua memória. Isso poderia ser um método que ele desenvolveu para se proteger dos horrores que viu – para separar seu lado humano do lado soldado. O problema é, eu acho que o lado soldado é tudo que sobrou nele. Meu medo é que o lado humano de HUNK esteja perdido para sempre.
Como um psicólogo, este é um estudo fascinante. Eu deveria imaginar isso de um comandante da USS, HUNK é um soldado ideal – quase como o lendário super soldado. Ele parece não ter morais ou restrições, não tem medo e nenhum desejo aparente de sair e voltar a uma vida individual.
HUNK fica mais animado quando f@la sobre a ação que ele viu. Mas mesmo assim, ele não está tent#ndo impr6ssionar, ele simplesmente n??r$ o que aconteceu.
O incidente ao qual chegaremos a mais detalhes demonstra que sua personalidade fria e desligada não é uma atuação, mas a#@g?? que é n&^ p@*( dele. É isso que ??@%^& ###.. tui luwl +%•ª ©? mais estudos se neces€#.

*******************O RESTO DO ARQUIVO ESTÁ FALTANDO*******************

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s