Traduções, Artigos, Entrevistas

Memórias de Patrick 2

(Patrick’s Memoirs 2)

Eu não consigo parar de pensar nos gritos daquelas pobres almas aprisionadas nos calabouços. Eu administrei o vírus em todos eles como havia sido instruído pelo Mestre Spencer, uma semana atrás. O que quer que eles tenham se tornado agora, não é mais humano.
Ajudei em diversos experimentos, seguindo ordens de Mestre Spencer. Eu não sei em que um simples mordomo nem mesmo formado em ciências como eu poderia ser útil, mas devo sentir orgulho do mestre confiar em mim a ponto de compartilhar seu importante trabalho. Ele normalmente não tem nada além de desprezo e desconfiança ao seu redor.
Porém, eu não consigo evitar os sentimentos conflitantes entre como me sinto e como deveria me sentir, em meu estado mental atual. Por um lado, eu me sinto extremamente alegre em poder ajudar o mestre de qualquer forma que seja; por outro lado, sinto como se eu estivesse perdendo um pedaço de minha alma a cada experimento em que eu o ajudo. A única maneira de preservar minhas faculdades mentais é tirar uma folga, ou tentar abandonar qualquer emoção.
Em qualquer um dos casos, eu devo agir e não questionar o mestre.
Dever e honra: é isso que está em jogo.
Há gerações, minha família tem servido lealmente a Família Spencer. Eu não trairei meus deveres, e servirei Mestre Spencer até o fim. Eu dediquei minha vida à serví-lo, e não há como abandoná-lo agora.
Chegou a hora de checar as cobaias e relatar sua condição atual para o Mestre Spencer.
Eu irei cumprir meus deveres, e o farei com honra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s