Traduções, Artigos, Entrevistas

Capítulo 5

Depois que ela acordou, tudo queimava na mente dela.

A extração de vários amostras de sangue e células, assim como os vários dispositivos eletrônicos conectados ao seu corpo que tiravam sua liberdade, estão gravando todos os detalhes relacionados ao corpo dela. As informações de seu corpo estão totalmente expostas devido à inspeção dos vários dispositivos.

Produtos químicos desconhecidos estão sendo injetados em seu corpo continuamente, alguns fazem o coração dela bater excitadamente, outros a fazem sentir como se ela sentisse a calma que precede a morte… alguns a fazem se sentir confusa. Esses produtos não só fazem com que as pessoas tenham alucinações, e um sistema nervoso melhorado, mas também fazem com que eles tratem um segundo como alguns minutos. O espírito dela está sendo manipulado, e seu corpo continuamente torturado. Para os cientistas da Tricell que há muito tempo abandonaram as emoções humanas, ela não é um ser humano, mas um brinquedo identificado como Cobaia Experimental 0084-6237.

Mas alguém está odiando o fato que a personalidade dela está sendo apagada. Esse homem é a mente por trás desse experimento humano, e ele não a está vendo simplesmente como uma cobaia de experimentos. Além de objeto de estudos, ele também usou um tipo especial de droga experimental para controlá-la, e a trata como sua leal mão direita. Por isso acontecer com ela, que havia lutado até se cansar contra o plano maligno, esse é um insulto para a justiça nela.

Depois de ser libertada do laboratório, ela recebeu um traje que permitia à ela executar sua missão em segredo. Uma máscara que fazia com que as pessoas pensassem em um animal que caça à noite, assim como um manto negro que cobria o corpo que não havia se degenerado, mas sido ainda mais melhorado durante o longo treinamento na prisão – assumingo uma identidade misteriosa, ela agora é conhecida como a subordinada de um terrorista. Ela aparece ativamente nos cantos sombrios das ruas, espalhando medo e deixando uma trilha de desastre aonde quer que vá.

O produto químico injetado em seu corpo tem o poder de controlar qualquer um, não importa o quanto o espírito dessa pessoa seja forte. É uma droga muito ameaçadora e perigosa. Mas o que é assustador não é isso. A parte mais assustadora do produto químico é que ele retém a consciência da pessoa. Isso significa que a droga não só tira os pensamentos da pessoa, mas também retém as memórias enquanto a força a executar a missão.

Portanto, ela se lembra de tudo. Ela costuma atuar como guarda-costas de Ricardo Irving, e eles viajaram para Kijuju juntos. Eles também infectaram um homem na cidade com o Uroboros, e o plantaram como uma armadilha para lidar com a Equipe Alpha da BSAA. Seu corpo ignorou totalmente sua força de vontade contras as ordens, e ela teve que assistir seu corpo executar essas missões cruéis incontrolavelmente. Mas ela se lembra claramente de quem ela é.

Ela se lembra que seu nome é Jill Valentine –

Jill ainda está viva.

Naquele dia, quando ela entrou na mansão onde o fundador da Umbrella, Ozwell E. Spencer, residia, ela escolheu o caminho da morte junto com seu rival. Para salvar Chris, ela pulou sem hesitação, e caiu no abismo com seu inimigo. Isso de uma altura que se você caísse, não haveria como sobreviver.

O homem que deveria ter morrido com Jill, tinha usado um vírus que mudou seu DNA, o transformando em um super humano que ultrapassa a imaginação de qualquer um. Esse homem era o superior de Jill durante seu período no STARS, assim como um espião da Umbrella – Albert Wesker. Com seus soberbos reflexos e força, ele usou o abismo para diminuir a velocidade da queda e sobreviveu, não se esquecendo de salvar Jill. Ele a levou para sua instalação de pesquisas pessoal, caminhando pelo solo sagrado mergulhado na escuridão. As ações de Wesker tem uma razão – ele deseja dar à essa mulher, que o odeia tanto quando Chris odeia, um gosto de um sofrimento pior do que a morte, injetando nela o vírus Uroboros, o qual não foi completado ainda, em seu corpo.

Jill foi colocada em um longo sono criogênico em uma câmara de baixa temperatura, para que o vírus fizesse efeito. Porém, isso mudou drasticamente seu destino de ir em direção à destruição. O T-vírus que havia ficado dormente durante o tratamento que ela recebeu no incidente da “Destruição de Raccoon City”, foi despertado de seu sono criogênico prolongado.

Wesker o descobriu, e então ele extraiu os anti-corpos. Ele os usou para controlar o veneno no vírus Uroboros, o qual usa o vírus Progenitor como base. Ironicamente, os anti-corpos deo corpo de Jill aceleraram a conclusão do vírus Uroboros.

Jill, com seus anti-corpos, foi renomeada como P30 – dotada de habilidades super humanas, ela também recebeu uma forte droga que controlava sua mente. Essa droga maligna vinha sendo injetada continuamente em seu corpo, e a torturando sem pausa. Assim como Wesker planejou, Jill está passando por um sofrimento infernal.

– Eu estou implorando para você, me mate!

O grito silencioso se repete na mente de Jill. Ela foi transformada em uma super arma, e seu corpo tinha uma intenção assassina que ela não podia controlar. As instruções do homem estão se repetindo em sua mente enquanto ela aponta e aperta o  gatilho de sua metralhadora contra os alvos.

“Mate-o. Transforme Chris e sua parceira, Sheva, em 2 cadáveres.”

As instruções de Wesker deu para Jill antes de sair, que é matar Chris que tinha finalmente chegado até ela, se repete impiedosamente em sua mente como um eco. A dolorosa, insuportável ordem está destruindo Jill mentalmente, e ela está implorando em sua mente para que seu velho parceiro, Chris, acabe com seu sofrimento.

“Não se preocupe comigo! Se isso continuar eu só vou acabar matando vocês dois! Por favor, atire em mim!”

Apesar disso, Chris se recusa a desistir. Chris está gritando como uma animal para a Jill que parece ter sofrido lavagem cerebral. Ele prometeu que mesmo que isso signifique desistir de sua vida, ele irá libertar sua parceira com a qual ele finalmente se reuniu, da maldição.

Sheva compartilha seu sentimento. Ela trocou sua arma pelo combate corpo-a-corpo para subjugar Jill. Isso para extrair e destruir o dispositivo em seu peito – o dispositivo que está injetando o P30 em Jill.

Isso para despertar Jill – a determinação dessas 2 pessoas a dá força, uma força poderosa o bastante para passar por cima da ordem em seu cérebro brevemente.

“Chris, você encontrou uma grande parceira. Eu não vou desistir também, eu vou me esforçar para voltar para seu lado!”

Há um pouco de tristeza nessa afirmação… por que Chris havia encontrado uma nova asa.

Fonte: Biohazard 5 Kaitaishinsho
Escrito por Benny Matsuyama do Studio Ben Stuff, co-produzido pela Capcom e pela Famitsu
Tradução Japonês/Inglês: xfactor, membro da equipe do THIA
Tradução Ingês/Português: Davi Redfield
O tópico original pode ser conferido aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s