Traduções, Artigos, Entrevistas

Capítulo 2

Chris está petrificado observando uma linda garota adormecida. Ele é como uma pessoa olhando para sua amante através de um espelho, sendo o outro lado do espelho uma dimensão diferente.

A imagem exibida na tela do PDA da BSAA não tem uma qualidade muito boa. O rosto débil está iluminado por uma luz fraca, e a borda embaçada do rosto está cheia de cores fantásticas. Não se sabe se é isso que dá a pessoa da imagem a aparência de estar viva. Isso também faz com que quem está do outro lado dessa imagem, Chris, acredite que a pessoa na tela ainda está viva.

Talvez isso seja uma esperança em seu coração, ou talvez seja um desejo inocente e idiota. A mulher na imagem é como um cadáver branco com uma pele pura. A cor do cabelo parece estar ligeiramente mais clara do que a que Chris se lembrava, e devido aos olhos cerrados, era um pouco difícil dizer. Há muitas respostas desconhecidas com relação à essa imagem, e não é errado dizer que essa mulher está relacionada à ela.

Apesar disso, Chris foi capaz de reconhecer a pessoa. Ele esteve perseguindo essa pista todo o tempo, só para poder reparar o pedaço que faltava em seu coração. Isso não pode ser um erro, nem uma ilusão. Isso é um fato.

Junto com todas as informações das evidências que eles confiscaram no local de negociações de armas biológicas, a imagem é o único item que a sombra dela. Essa foto tinha um laboratório ao fundo, o que significava que essa era a fotografia de uma cobaia.

É Jill, a antiga parceira de Chris que havia se sacrificado e pulado de um abismo para salvar Chris. Devido a ausência de Jill desde então, a BSAA a havia removido de sua função. Mas 2 anos depois, finalmente surgiu um sinal que mostrava que ela poderia estar vida afinal, e esse sinal estava aparecendo bem na frente do parceiro dela que se recusa a acreditar que ela está morta.

O motivo de Chris, que era da divisão norte-americana da BSAA, ter se unido à essa operalão em Kijuju, era por que ele tinha obtido algum tipo de pista deixada por Irving no mercando negro quando ele estava procurando por Jill. Essa “pista” não é nem mesmo um boato. É apenas um rumor não confiável. Porém, Chris achou difícil ignorar o rumor já que ele tinha aparecido no mercado negro sem nenhum motivo. Em teoria, “Jill Valentine” não deveria ter nenhuma razão nem mesmo para existir nesse lugar, mas ele de algum modo conseguiu um lugar na equipe dessa missão, e se posicionou para lidar com esse homem que supostamente seria preso pela equipe Alpha.
Chris finalmente descobriu algo relacionado à isso. Como se ele tivesse medo que a prova fosse voar para longe como um balão, ele a segura com força como se caso a soltasse, nunca mais pudesse encontrá-la de novo.

Porém… a situação à frente deles havia fugido do controle. Não havia restado humanidade em Kijuju. Eles pareciam possuídos, e os habitantes locais os chamavam de “Majini”. Eles eram pobres marionetes que foram sacrificadas para o novo e melhorada parasita. A cena na frente de Chris é similar à Raccoon City quando esta foi consumida pelo grande fogo. Acabaria esse lugar sendo totalmente destruído também? Para esconder o incidente, isso significa que Kijuju estaria destinada a ser destruída também?

Essa não é a única ameaça de arma biológica. Irving, que já havia descoberto o momento de chegada das tropas especiais da BSAA, tinha libertado uma perigoso B.O.W. que era capaz de espalhar a infecção por todo o lugar, no prédio do local de negociação. O motivo disso era preparar uma armadilha para a força prestes a chegar.

O horrível e estranho organismo produz um líquido viscoso que não se parece muito diferente do óleo negro. Talvez seja errado chamá-lo de criatura. Os restos do local onde o coração deveria estar, é só um caroço de carne, ou ainda um resto humano que não se parece como se fosse humano. As várias criaturas gigantes parecidas com cobras negras são unidas e formam um humanóide como se fosse um show de mágica.

O corpo formado por tentáculos negros está rastejando pelo chão em alta velocidade que não seria possível para algo tão grande. Esse monstro desconhecido havia acabado de massacrar toda a bem equipada equipe Alpha em um instante.

Quando Chris e sua parceira chegaram ao local, o Capitão DeChant era a única pessoa ainda respirando. O resto de seus companheiros haviam sido trespassados, a despeito de estarem usando trajes de combate que incluía um colete a prova de balas e facadas. Seus cadáveres haviam se tranformado e cadáveres negros apodrecidos e patéticos. DeChant usa suas últimas energias e passa os dados para Chris antes de morrer.

Os dois soldados foram capazes de derrotas essa misteriosa BOW por que eles tiveram a sorte de encontrá-la na fornalha subterrânea. Mesmo se você atirar nessa BOW, esse monstro receberia pouco ou nenhum dano devido ao seu corpo ser feito daquelas espessas cordas negras, as quais permitiam que ela se separasse e reagrupasse à vontade, o que era muito útil como esquiva. Os parceiros terminaram queimando esse monstro que parecia ser invencível. A célula do Uroboros que era capaz de se regenerar infinitamente, foi queimada até as cinzas por nessa fornalha gigante que é potent o suficiente para reduzir qualquer ser humano à cinzas instantaneamente. O que restou dela foram restos inúteis no chão.

Quando Chris imaginou como as coisas poderiam ter terminado se eles tivessem lutado em um local aberto, ele tremeu como se tivesse sido lambido por um animal carnívoro. Se não houvesse nenhum lança-mísseis anti-tanque disponível, é seguro assumir que eles não teriam sido capazes de destruir a BOW mesmo se descarregassem toda sua munição nela. Se experimentos biológicos já estavam sendo conduzidos nela, e com a possibilidade de Irving espalhá-la, então isso significava que eles tinham que prendê-lo não importasse a que preço. Essa missão perigosa naturalmente caiu sobre os ombros de Chris e Sheva devido ao fim da equipe Alpha.

Nesse momento, a possibilidade da sobrevivência de Jill havia despertado o instinto de batalha de Chris. Ele iria encontrar Irving não importando como, e forçá-lo a dizer onde encontrar essa BOW que ele tinha soltado em Kijuju, o local onde aquela foto havia sido tirada… e a localização de Jill.

Apesar de terem superado incontáveis ondas de Majini e alcançado seu alvo no final, eles ainda estavam um passo atrás. Quando o confronto com Irving acontecia em um prédio sobre uma encosta, uma misteriosa figura com uma capa e máscara de pássaro apareceu na cena subitamente, e desapareceu com Irving em um piscar de olhos. Ao encarar essa figura desconhecida por trás da cortina de fumaça, Chris teve uma sensação estranha. Por algum motivo, ele começou a se sentir ansioso.

O pôr do sol estava se aproximando, e a escuridão começava a cobrir  o pântano. O tempo estava passando, e a missão continuou…

Fonte: Biohazard 5 Kaitaishinsho
Escrito por Benny Matsuyama do Studio Ben Stuff, co-produzido pela Capcom e pela Famitsu
Tradução Japonês/Inglês: xfactor, membro da equipe do THIA
Tradução Ingês/Português: Davi Redfield
O tópico original pode ser conferido aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s