Traduções, Artigos, Entrevistas

Diário de Angela

11 de Agosto de 2005

Hoje vi algumas fotos. A imagem foi publicada na homepage da TerraSave. Era a foto de uma das vítimas do teste clínico que a Willpharma conduziu. Porque eles fariam algo tão horrível? Por que ninguém os impediu antes que passassem dos limites? Isso obviamente vai além de um teste clínico. Se o que vi nas imagens for real, a Willpharma não pode ser perdoada. Mesmo que o teste seja legal.

De acordo com o site da TerraSave, eles vão pedir ajuda para a corte Internacional, se o governo americano não investigar e punir a WillPharma.

Meu querido.

Eu me pergunto se deveríamos dar mais atenção às palavras do seu pai… Quando ele pensava que a WillPharma era um problema… Mas tenho que descobrir a verdade. Por que a WillPharma tem que conduzir testes na Índia? Por que eles estão mantendo segredo sobre o assunto?

15 de Agosto de 2005

O Chefe me ligou hoje. Aparentemente, alguém o informou que estou investigando a WillPharma. Eu sabia que isso iria acontecer. Eles não me vêem com bons olhos desde que o seu pai foi até a WillPharma e foi preso. Eles não gostam que eu, a irmã de um criminoso, seja uma policial. Não ligo para as atitudes infantis deles na tentativa de me fazer sentir mal. Não me importo se eles me atormentam, mas a história é diferente quando eles mexem com meus subordinados.

Está absolutamente fora de questão. Todos eles sabiam quando se uniram à minha equipe, que não gostavam de mim, e que eles não seriam promovidos, e estavam de acordo com isso. Estou feliz que eles estejam na minha equipe, mas eles têm família e merecem a sua promoção. Não quero de forma alguma atrapalhá-los por que eles são gentis o suficiente para gostarem de mim.

Curtis queria que a WillPharma esclarecesse algumas coisas sobre suas instalações. Não acho que Curtis estava errado em querer isso. No entanto, é verdade que o que ele fez foi inadequado. Não me surpreendo que ele tenha sido preso por suas ações. Se tiver que acreditar no contrário, eu não mereço o meu emprego.

19 de Agosto de 2005

Desenvolver remédios custa muito dinheiro. E também leva muito tempo. Pesquisadores começam estudando as substâncias químicas, depois eles fazem diversos experimentos com animais até que eles encontrem os remédios que são seguros o suficiente para testes clínicos. Isso custa cerca de 10 bilhões e leva aproximadamente 10 anos…

O investimento vale a pena. É claro que existem riscos financeiros. Quanto menos riscos, melhor. Todos estão tentando gastar menos tempo e dinheiro para reduzir esses riscos. Eles descobriram que fazer testes clínicos em outros países é mais barato. Especialmente na Ásia. O site de uma companhia afirmou que a Ásia não só é mais barata como também tem muitos mais pessoas com as quais trabalhar.

Isso não só no caso da WillPharma. Também é visto em outras empresas farmacêuticas. Uma vez que várias companhias estão fazendo testes clínicos, um incidente como o da WillPharma afeta muitas outras ; logo, faz sentido que elas mantenham segredo sobre o assunto. Por que como muitas outras empresas estão fazendo os mesmos testes clínicos, nós não podemos colocar toda a culpa na WillPharma.

Será que Curtis sabia de algo?

A WillPharma ainda está em silêncio. Nessa cidade, as pessoas nem mesmo falam sobre esse assunto.

23 de Agosto de 2005

Algumas pessoas foram presas hoje. Seis estudantes que vieram do Leste tentando acusar a WillPharma, começaram a discutir com um carpinteiro enquanto eles tomavam algumas bebidas, e a discussão acabou transformando-se em uma briga.

Aqui não é uma cidade grande. Pode não soar muito justo para esses estudantes, mas acusar a WillPharma nesse lugar não é uma boa idéia. A WillPharma é algo que as pessoas daqui admirariam, mas não acusariam; foi a companhia que trouxe esperança e prosperidade para essa pequena e velha cidade, que há 10 anos estava quase morrendo.

A influência econômica que a WillPharma está trazendo é muito grande. Não importa quantos problemas com sua personalidade Davis tenha, ele será eleito na próxima eleição mais uma vez como representante da cidade e irá para Washington.

Essa cidade mudou muito. Quase tudo mudou desde que o seu pai e eu éramos jovens. Eu me pergunto, onde seu pai estaria agora?

26 de Agosto de 2005

Eu fui à Washington D.C. no meu dia de folga. Um velho amigo me apresentou a alguém que estava encarregado do departamento de desenvolvimento de uma companhia farmacêutica. De acordo com ele, é raro que um efeito colateral em massa aconteça como no caso da WillPharma. Ele não pode negar a possibilidade de que isso poderia acontecer.

Na verdade, há um caso misterioso que aconteceu quando ele era um novato na companhia farmacêutica. Ele hesitou em falar os detalhes sobre esse caso. Eu perguntei, brincando, se o remédio (o que eles haviam testado quando o caso misterioso aconteceu) agora não é vendido nas farmácias. Ele apenas sorriu, sem graça.

Aparentemente, as pessoas da indústria farmacêutica falam frequentemente sobre a WillPharma. É óbvio que a existência da empresa está em perigo depois que o incidente foi revelado, apesar de que ainda pode existir outro motivo para eles estarem em silêncio.

Algumas pessoas ouviram um boato que a WilPharma assinou um contrato secreto com o Pentágono. Embora seja apenas um rumor, não se soube mais nada sobre isso.

27 de Agosto de 2005

Eu parei no bar do Kato. Com seu sotaque inglês, ele ficou dizendo que seu bar está quase quebrado. Ele não mudou nada desde que o vi pela última vez. Encontrei um cara interessante enquanto estive lá. Sua família é do México, e aparentemente eles são um dos milionários daqui. Ele disse com orgulho que já visitou mais de 132 países. Atualmente, ele está trabalhando como motorista, e leva carros alugados abandonados de volta para os escritórios. “Eu fui pago para viajar por todo os EUA”, ele disse. Perguntei se ele tinha visto seu pai alguma vez, mas ele, sem graça, disse que não. É claro que ele não o viu.

5 de Setembro de 2005

Vi algumas notícias sobre a cidade hoje. Parece que eles estão trabalhando no memorial este ano novamente. Mas é um evento pequeno antes que o inverno comece, localizado em uma cidade diferente, há 160 quilômetros de distância. Eles ainda mantém a cidade fechada. Soube que o congresso tem investigado o lugar, mas nós sobreviventes nem mesmo sabemos ao certo se eles informarão os resultados.

Fazem 7 anos agora. A vida continua mudando, mas eu ainda me lembro dos dias que passamos juntos tão claramente como se tivesse sido ontem.

Recebi uma ligação de um velho amigo hoje. Aparentemente, um amigo em comum disse à ele que eu iria visitar D.C. Agora ele está casado e tem três filhas. Ele me disse que eu deveria aceitar o que aconteceu no passado e começar a procurar pela minha própria felicidade. Talvez ele esteja certo e eu não tenha superado o meu passado completamente ainda. Mas como poderia simplesmente superá-lo se eu não sei a verdade sobre o que aconteceu? Não posso fazer isso. Não posso fingir que estou em paz com isso.

13 de Setembro de 2005

Trouxe um agente imobiliário para a sua casa, para fazer uma avaliação. Mas acabei decidindo que não posso fazer isso.

Vou dormir na sua cama essa noite, como costumava fazer.

17 de Setembro de 2005

Finalmente consegui me encontrar com o cara da TerraSave hoje. Ele foi secretário geral quando Curtis ainda estava trabalhando para eles. Nunca gostei dele, por ele sempre ter agido como se achasse que é realmente esperto, mas achei que ele poderia saber os detalhes sobre os testes clínicos que a WillPharma conduziu na Índia. Mas ele de algum modo me confundiu com uma espiã ou algo assim, que tinha sido enviada pela polícia de Harvardville.

Ele sabe que para nós, pessoas que estão contra a WillPharma, se torna difícil viver em Harvardville. Ele sabe que é uma cidade fechada para pessoas que tem pensamentos diferentes.

Então ele pensou, agora que a polícia não gosta de mim depois das ações de meu irmão, estou tentando provar o que posso fazer por eles, fazendo algumas perguntas para o TerraSave, o maior inimigo da WillPharma. Não consegui perguntar o que eu realmente desejava. O que estou fazendo aqui??

29 de Setembro de 2005

Essa noite saí com os membros do SRT, por causa do novo membro que se juntou à nossa equipe.

Greg falou algo que ele sempre diz quando está bêbado.

O que Curtis fez foi um pouco exagerado, mas ele fez a coisa certa.

“Se eu perdesse alguém importante para mim como ele perdeu, e soubesse que isso poderia acontecer novamente, faria o que fosse necessário para impedir, correndo o perigo de ser preso ou não. Se falar com quem estivesse causando isso fosse o único jeito, eu faria isso também”, ele disse.

Para as pessoas dessa cidade, Curtis pode parecer apenas um outro alcoólatra que se mete em brigas com qualquer um que não gosta, mas me lembro dele como um excelente médico. Esse não era o melhor assunto sobre o qual falar na frente de um novato, então eu não continuei.

Mas foi bom saber que há alguém que ainda acredita nele.

7 de Outubro de 2005

Recebi uma ligação do cara do TerraSave. Ele me disse que viu Curtis. Ele só passou por ele, mas tinha certeza que era Curtis. Ele o viu entrando no Hotel Savoy em Chicago. Acabei gritando com ele que não teria nenhum outro lugar além daqui para o qual ele voltaria.

9 de Outubro de 2005

O nome de Curtis não estava no livro de hóspedes do hotel. Apesar de uma funcionária ter olhado para a minha foto e a de Curtis, ela disse que viu um hóspede que era parecido com ele. Ele estava hospedado no quarto 1438. Eu voltei para a mesa da recepção. O endereço do homem que ficou no quarto 1438 era de St. Louis. Mas quando fui investigar, acabei descobrindo que aquele endereço não existia em St. Louis. Não sei do que estou atrás.

23 de Outubro de 2005

Recebi uma carta de seu amigo esta manhã. Lembra-se do jovem chamado Forrest?

Ele escreveu uma carta para você por que o nome “Harvardville”, o qual ele ouviu nas notícias de um acidente causado pela WillPharma, o fez lembrar de você. Ele disse que se mudou para Chicago um ano depois que você deixou a cidade. Infelizmente, não o conheci. Ele disse que seu sonho é ser médico, como seu pai. Ele visitará a cidade no final do ano com alguns amigos. Estou tentando esquecer tudo por um momento, lendo essa carta várias vezes. Estou pensando na parte de você que eu não conheci, por que isso me faz feliz por um tempo.

Boa noite.

1 de Novembro de 2005

Davis visitou o Chefe hoje.

Não sei exatamente por qual motivo, mas ele veio até o escritório com um olhar furioso, então imagino que provavelmente ele deseja que protejamos os prédios da WillPharma ou sua própria residência com mais cuidado ou algo do tipo.

A cidade perdeu a sua calma depois do caso dos testes clínicos que foram revelados nas três principais emissoras de Tv. Eu ouvi um rumor de que a TerraSave está preparando uma grande manifestação para breve.

7 de Novembro de 2005

Tivemos algumas reuniões no decorrer dos dias. A TerraSave está planejando uma manifestação para depois da Conferência Nacional de Medicina que acontecerá daqui a uma semana. O chefe está muito nervoso com isso. Algumas pessoas na cidade ainda continuam quietas, como se não ligassem para nada. Não importa o quanto a mídia faça disso algo grande, não parece que isso incomoda as pessoas daqui. A única coisa que eles precisam é bloquear toda a informação. Graças à eles meu trabalho como policial está terminado por hoje sem nenhum incidente.

Obrigada.

Esta cidade está segura como sempre.

Notas de Rodapé

1. Special Response Team. Equipe de Resposta Especial.

Fonte: Angela’s Diary, Biohazard: Degeneration Limited Edition Box Set, Japão.

 

Tradução Japonês/Inglês: iambubbaq, do Biohaze
Tradução Inglês/Português: Davi Redfield
Revisão e Adaptação: Ka

O artigo original em inglês pode ser conferido aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s